2. Professores

2.4. O bem-estar dos professores

O bem-estar do professor é um estado emocional positivo que combina as necessidades e expectativas pessoais, tanto dos alunos como dos seus professores. O bem-estar do professor e a sua satisfação no trabalho influenciam fortemente o seu comportamento e estão positivamente relacionados com o ambiente da escola e da sala de aula e com o aproveitamento dos alunos. Pesquisas demonstram igualmente uma relação positiva entre a motivação dos professores e o desempenho e o bem-estar dos alunos. Além disso, o bem-estar dos professores está relacionado com a manutenção, na escola, de professores altamente qualificados, o que é especialmente importante para as escolas com alunos com necessidades elevadas. O bem-estar e a eficácia pessoal do professor também ajudam a combater o abandono escolar precoce, pelo que é essencial que os professores recebam o apoio de que necessitam.

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

ENhancing Teacher REsilience in Europe (ENTREE)

O projeto ENhancing Teacher REsilience in Europe (ENTREE) (Reforçar a Resiliência dos Professores na Europa) visa permitir que os jovens professores europeus melhorem a sua resiliência face às crescentes exigências resultantes da rápida evolução dos contextos escolares. Lançado em 2014, oferece aos professores diversas oportunidades de aprendizagem e ferramentas, tanto em linha como presencialmente, contando com o apoio de uma equipa de peritos internacionais de cinco países europeus (CZ, DE, IRL, MT, PT) e da Austrália. O projeto ENTREE define a resiliência dos professores como «o processo, a capacidade e o resultado de uma adaptação positiva e de um empenhamento e crescimento profissionais contínuos face a circunstâncias difíceis». Os professores são apoiados na utilização de recursos pessoais, profissionais e sociais, para resistirem e progredirem do ponto de vista profissional e pessoal, sentirem satisfação no seu trabalho, alimentarem convicções positivas sobre as suas capacidades, gozarem de bem-estar pessoal e manterem um empenhamento constante na sua profissão.

Área: 2. Professores

Subáreas: 2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais; 2.4. O bem-estar dos professores

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Dinamarca; Irlanda; Malta; Portugal; República Checa

Serviço de Desenvolvimento Profissional de Professores (PDST)

O PDST foi criado em setembro de 2010 como um serviço genérico, integrado e intersetorial às escolas, sendo apoiado pelo Irish Department of Education and Skills (Ministério da Educação e das Qualificações irlandês). Atualmente, é o maior serviço de apoio destinado a proporcionar oportunidades de aprendizagem profissional a professores e dirigentes escolares em vários domínios pedagógicos, curriculares e educativos. Entre as principais prioridades figuram o apoio à liderança escolar, a autoavaliação das escolas, a avaliação escolar, as TIC para fins de ensino e aprendizagem, a inclusão, a saúde e o bem-estar, e as disciplinas e programas pós-primário. O PDST faculta desenvolvimento e apoio profissional contínuos através de uma equipa de professores do ensino primário e pós-primário destacados das suas escolas para nele trabalharem. O sítio Web do PDST contém páginas dedicadas à saúde e bem-estar dos docentes, incluindo recursos e ligações sobre a preservação do seu bem-estar físico e mental no local de trabalho, e oferece sessões de formação e seminários presenciais para professores.

Áreas: 1. Governação escolar; 2. Professores; 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 2.1. Aptidões e competências dos professores; 2.4. O bem-estar dos professores

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda