3. Apoio aos alunos

3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Os alunos podem atravessar períodos difíceis nas suas vidas sociais e/ou familiares ou viver experiências escolares negativas que os coloquem fora da trajetória normal. É por isso fulcral detetar precocemente os casos de dificuldades de aprendizagem, desgaste socioemocional ou desvinculação – antes que estas situações se manifestem através de absentismo escolar ou comportamentos inapropriados. As escolas devem estabelecer um sistema de alerta rápido e acompanhamento em colaboração com a família. Uma identificação e um acompanhamento efetivos não devem ser encarados como um processo burocrático e disciplinar que apenas regista e responde a casos de absentismo ou mau comportamento, mas antes como um sistema de apoio (alerta). Os alunos precisam de saber que são importantes e que merecem atenção.

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

EQUIPAS MÓVEIS

As Equipas Móveis foram criadas a fim de ajudar as escolas a dar resposta a uma série de fatores suscetíveis de conduzir ao abandono escolar precoce. Os serviços das «Equipas Móveis» são solicitados pelo órgão de direção da escola e podem ser relativos ao seguinte: absentismo e abandono escolar; problemas comportamentais; conflitos entre adultos; formação do pessoal docente; assistência aos alunos, aos membros do pessoal e às direções das escolas. No caso de situações mais complexas, a «Equipa Móvel» pode decidir encaminhar a questão para serviços mais adequados.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 4.1. Comunicação e informação; 5.1. Equipas multidisciplinares

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

IKAN Project

The IKAN project is a project where higher education students of the consortium of Antwerp University and Colleges (AUHA) voluntarily assist Newly Arrived Immigrant (including Refugee) Children with their studies in secondary education. This project aims to respond to the large increase of Newly Arrived Immigrant Children in Flemish education in recent years.

After a maximum of 1 year in reception classes (i.e. OKAN: reception classes for foreign-speaking newcomers), newly arrived immigrant students continue to regular education. This transition is often difficult. Only a small part of the foreign-speaking newcomers who started in OKAN eventually receives a secondary education diploma. With the name IKAN (referring to I Can) the project wants to emphasize that newly arrived immigrant children can have a successful education career, when provided with the right support.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 3.8. Apoio seletivo: língua; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos; 5.1. Equipas multidisciplinares; 5.2. Redes de partes interessadas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: EN

País: Bélgica

Orientadores de jovens na Bélgica-Flandres

No âmbito deste projeto, realizado em escolas do ensino básico e secundário, jovens orientadores prestam apoio a outros jovens, entre os 11 e os 18 anos, em risco de abandono escolar. Os próprios orientadores abandonaram prematuramente a escola e são provenientes de meios semelhantes, o que lhes confere credibilidade e lhes permite detetar os problemas numa fase inicial, evitando que se agravem. Este projeto capacita-os e ajuda-os a obter uma qualificação e, mais tarde, um emprego.

Área: 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 3.2. Participação dos alunos na vida escolar; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

Programa Tutorat

A Universidade Livre de Bruxelas (ULB) criou em 1989 um programa de tutoria destinado a promover a igualdade de oportunidades, a participação, a colaboração com as escolas, a qualidade e o desenvolvimento. Conduzido desde 2006 pela associação Schola ULB, é o maior sistema de apoio escolar gratuito da Região de Bruxelas-Capital.

Área: 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

RESL.eu Toolkit for identifying and monitoring students and schools at risk of ESL

The toolkit developed as part of the valorisation of the findings by the Reducing Early School Leaving in Europe (RESL.eu) research project aims to support practitioners working with youth in identifying and monitoring students and schools in need of greater care and support. It is primarily focused on the situation of those young people who are at risk of school disengagement and early school leaving. The toolkit is primarily dedicated to school staff: principals, teachers, educators, pedagogical counsellors, class tutors and school psychologists. However, it might be also helpful for other educational specialists working in education policies and in alternative learning pathways.

Áreas: 1. Governação escolar; 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 1.2. Planeamento e monitorização escolar; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Língua: EN

País: Bélgica; Espanha; Hungria; Portugal; Suécia; Áustria