3. Apoio aos alunos

3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Os alunos podem atravessar períodos difíceis nas suas vidas sociais e/ou familiares ou viver experiências escolares negativas que os coloquem fora da trajetória normal. É por isso fulcral detetar precocemente os casos de dificuldades de aprendizagem, desgaste socioemocional ou desvinculação – antes que estas situações se manifestem através de absentismo escolar ou comportamentos inapropriados. As escolas devem estabelecer um sistema de alerta rápido e acompanhamento em colaboração com a família. Uma identificação e um acompanhamento efetivos não devem ser encarados como um processo burocrático e disciplinar que apenas regista e responde a casos de absentismo ou mau comportamento, mas antes como um sistema de apoio (alerta). Os alunos precisam de saber que são importantes e que merecem atenção.

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

Centro de aprendizagem no TGM (Technologisches Gewerbemuseum)

O centro de aprendizagem foi implementado no TGM (um colégio técnico do ensino secundário) como experiência escolar no ano letivo 2016/17. Tem sido implementado no Departamento de Tecnologias da Informação (TI) da escola em duas das quatro turmas do primeiro ano (ou seja, nono ano).
No centro de aprendizagem, os alunos estudam 20 horas por semana autorreguladas. Dessas 20 horas, 9 dizem respeito a disciplinas gerais (Alemão, Inglês e Matemática) e 11 são dedicadas a disciplinas profissionais (Engenharia de Software, Engenharia de Sistemas, Tecnologias de Comunicação e Tecnologia de Rede). As outras 6 disciplinas (Geografia, História e Educação Política, Ciências Naturais, Religião, Desporto e Informática), que ocupam 13 horas por semana, ainda são lecionadas utilizando os métodos de ensino convencionais.

Áreas: 1. Governação escolar; 2. Professores; 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 1.2. Planeamento e monitorização escolar; 1.3. Direção escolar; 2.1. Aptidões e competências dos professores; 2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais; 3.2. Participação dos alunos na vida escolar; 3.4. Programas curriculares e percursos educativos; 3.5. Aprendizagem e avaliação; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 4.1. Comunicação e informação

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Áustria

LISTA DE VERIFICAÇÃO E RECOMENDAÇÕES PARA A PREVENÇÃO DO ABSENTISMO E DO ABANDONO ESCOLAR

É incontestável que, em vários casos de absentismo e abandono escolar precoce, são necessárias intervenções de caráter médico, psicológico, social, educativo e jurídico, mas a investigação também mostra claramente que, em todos os casos, o pessoal escolar e docente pode ter uma influência decisiva. Este documento contém uma lista de verificação a utilizar na autoavaliação das escolas, 59 recomendações pormenorizadas para melhorar a frequência escolar, o empenhamento dos alunos e a cultura escolar, propostas de acordos de comportamento e exemplos de questionários para professores e pais. As medidas recomendadas são prioritariamente dirigidas a professores, diretores de escolas e pais. O documento foi traduzido do manual da autoria de Nairz-Wirth, Feldmann, Diexer (2012): Handlungsempfehlungen für Lehrende, Schulleitung und Eltern zur erfolgreichen Prävention von Schulabsentismus und Schulabbruch.

Áreas: 1. Governação escolar; 2. Professores; 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 2.3. Formação inicial de professores e desenvolvimento profissional contínuo de professores; 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.4. Programas curriculares e percursos educativos; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 4.1. Comunicação e informação; 5.2. Redes de partes interessadas

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Áustria

RESL.eu Toolkit for identifying and monitoring students and schools at risk of ESL

The toolkit developed as part of the valorisation of the findings by the Reducing Early School Leaving in Europe (RESL.eu) research project aims to support practitioners working with youth in identifying and monitoring students and schools in need of greater care and support. It is primarily focused on the situation of those young people who are at risk of school disengagement and early school leaving. The toolkit is primarily dedicated to school staff: principals, teachers, educators, pedagogical counsellors, class tutors and school psychologists. However, it might be also helpful for other educational specialists working in education policies and in alternative learning pathways.

Áreas: 1. Governação escolar; 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 1.2. Planeamento e monitorização escolar; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Língua: EN

País: Bélgica; Espanha; Hungria; Portugal; Suécia; Áustria

Travar o Abandono Escolar!

O objetivo geral do projeto é reduzir as taxas de abandono dos alunos no ensino e formação profissionais, mediante a disponibilização de materiais e ferramentas a orientadores e formadores, para estes desenvolverem as suas próprias competências no trabalho com grupos, detetarem potenciais abandonos e as características especiais de grupos de alunos, prestarem apoio adaptado às necessidades individuais e, desta forma, melhorarem a qualidade dos sistemas de ensino profissional.

Áreas: 1. Governação escolar; 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 1.2. Planeamento e monitorização escolar; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 3.8. Apoio seletivo: língua; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos; 5.1. Equipas multidisciplinares; 5.2. Redes de partes interessadas; 5.3. Parcerias: empregadores e empresas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Alemanha; Eslovénia; República Checa; Áustria

Tutoria para Jovens (Jugendcoaching)

A Tutoria para Jovens oferece orientação a jovens com 14 anos ou mais. Os seus principais grupos-alvo incluem alunos do nono ano, jovens que não trabalham, não estudam nem seguem uma formação (NEET) até aos 19 anos e jovens com necessidades educativas especiais até aos 24 anos. Visa reduzir o abandono escolar precoce e apoiar os alunos na escolha de uma futura carreira e/ou percurso educativo. A participação na Tutoria para Jovens é gratuita e voluntária.

Áreas: 1. Governação escolar; 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 3.8. Apoio seletivo: língua; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos; 4.1. Comunicação e informação; 5.1. Equipas multidisciplinares; 5.2. Redes de partes interessadas; 5.3. Parcerias: empregadores e empresas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT

País: Áustria

Young AduLLLt Project

The international comparative research project “Policies Supporting Young Adults in their Life Course. A Comparative Perspective of Lifelong Learning and Inclusion in Education and Work in Europe” (YOUNG_ADULLLT) focuses on lifelong learning (LLL) policies for young adults, at upper secondary school level and beyond, in particular those in situations of near social exclusion.

The report examines the relationship and complementarity between LLL policies and young people’s social conditions, and assesses the potential implications and effects on young adults’ life courses. The project is conducting a critical analysis of current developments of LLL European policies in order to prevent ill-fitted policies from worsening existing inequalities. It will also identify best practices and patterns of coordinating policy-making at local/regional level.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Sub-área: 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco

Língua: EN

País: Alemanha; Bulgária; Croácia; Espanha; Finlândia; Itália; Portugal; Reino Unido; Áustria