3. Apoio aos alunos

3.3. Orientação profissional e apoio

A orientação profissional e o apoio devem ser inscritos nos programas curriculares desde as primeiras etapas do ensino. A investigação neste domínio sugere que os alunos com um plano de carreira têm maior probabilidade de permanecer na escola e dar maior importância à sua educação. O plano pode ser elaborado separadamente ou integrado no programa curricular, por exemplo, no contexto de diversas disciplinas. Abordagens eficazes geralmente combinam um vasto leque de atividades curriculares e extracurriculares, as quais podem incluir estágios, observações em situação de trabalho, jogos de simulação de empregos ou cursos de iniciação passíveis de apoiar tanto o ensino regular como o ensino alternativo (designadamente o ensino e a formação profissional em alternância).

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

Ano de transição - uma experiência educativa alargada

O ano de transição disponibilizado em várias escolas irlandesas permite que os alunos (com cerca de 15 anos de idade) tenham uma experiência educativa alargada, com vista à aquisição de uma maior maturidade. Estabelecendo a ponte entre a conclusão do ensino básico e a continuação dos estudos ou da formação profissional, ajuda os alunos a transitarem do ambiente altamente estruturado do ensino básico para uma nova realidade em que terão de assumir maiores responsabilidades pela sua própria aprendizagem e pelas decisões que tomarem.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 5.3. Parcerias: empregadores e empresas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda

CLUBES MATINAIS/DO PEQUENO-ALMOÇO

Nas escolas irlandesas, as diferentes iniciativas destinadas a facilitar a inclusão social e a igualdade incluem clubes de pequenos-almoços, clubes de almoços, clubes de xadrez e clubes de trabalhos de casa. As escolas promovem os benefícios de pequenos-almoços matutinos – que melhoram a assiduidade e permanência na escola, a pontualidade e a interação com adultos, permitindo que os alunos se divirtam enquanto desenvolvem competências sociais, satisfazem as necessidades nutricionais e desenvolvem relações positivas entre a escola e a família.

Área: 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda

EQUIPAS MULTIDISCIPLINARES PARA A PREVENÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR PRECOCE

O documento visa examinar elementos sobre o potencial das equipas multidisciplinares e interdisciplinares para desempenharem um papel fundamental na prevenção do abandono escolar precoce. No âmbito do desenvolvimento de uma estratégica para tais equipas multidisciplinares/interdisciplinares, é atribuída particular importância às condições necessárias e de apoio à sua eficácia, não se partindo do pressuposto determinista da sua inevitável eficácia. O relatório realça a necessidade de proporcionar orientações estratégicas sólidas às equipas sobre questões importantes a abordar pelas equipas, tais como o apoio à saúde mental, alternativas à suspensão, assistência às famílias marginalizadas, resolução de conflitos com professores e competências de formação para a diversidade, competências de prevenção do acosso juvenil, promoção de um ambiente escolar positivo, envolvimento com competências parentais e especial atenção ao desenvolvimento linguístico das crianças, etc.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 5.1. Equipas multidisciplinares

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

Programa de Conclusão do Ensino

O Programa de Conclusão do Ensino (SCP – School Completion Programme) da Irlanda faz uma série de intervenções locais em comunidades desfavorecidas, que apoiam a permanência dos jovens no ensino. O programa permite que as comunidades locais desenvolvam estratégias personalizadas para maximizar os níveis de participação dos jovens em risco de abandono escolar precoce no processo de ensino. O programa visa jovens específicos em idade escolar, tanto na escola como fora da escola, e organiza apoios para dar resposta às desigualdades no acesso ao ensino, na participação no mesmo e nos respetivos resultados. O SCP constitui um elemento do plano Proporcionar Igualdade de Oportunidades nas Escolas (DEIS – Delivering Equality of Opportunity in Schools), que constitui um instrumento político para a inclusão no ensino.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 4.2. Participação dos pais na governação da escola; 5.2. Redes de partes interessadas

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda

PROGRAMA DE TRANSFERÊNCIA - TUTORIA PELOS PARES NA TRANSIÇÃO PARA O TERCEIRO CICLO DO ENSINO BÁSICO

Na Irlanda, os alunos transitam normalmente do segundo para o terceiro ciclo do ensino básico aos 12 anos de idade. No apoio a essa transição, a prestação de orientação e aconselhamento eficazes é um elemento importante, integrado nos programas de estudos. Para o efeito, existem conselheiros-orientadores e muitas escolas têm tutoria de pares (buddies) para facilitar a transição dos alunos vindos do segundo ciclo do ensino básico. Por exemplo, no âmbito do School Completion Programme (programa para a conclusão da escolaridade) existem medidas de apoio à transição através de clubes para a realização dos trabalhos de casa, jornadas de acolhimento, dias de portas abertas, etc. A escola pública de St Aidan possui um plano anual de recrutamento, formação e preparação de tutores (no terceiro ciclo do ensino básico) que, por sua vez, preparam os alunos do último ano do segundo ciclo para a transição, através de exercícios, debates e jogos.

Área: 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda

Prometheus

The Prometheus project addresses the need for career counselling and guidance to be more relevant to the needs and attitudes of a new generation of digital natives. It provides an online platform with peer networking opportunities and offers a repository of best practices and online guides and toolkits for counsellors.

The main project results include:
• Career Pathways Research and Analysis Report
• 100+ Enlightenment Best Practices e-Book
• PROMETHEUS Peer Network
• Empower Talk Movies
• PROMETHEUS-EU.NET
• Online Career Counselling Guide
• PROMETHEUS Toolkit
• PROMETHEUS Final Multipliers’ Conference
The project team includes organisations from 6 European countries: BFE (Bulgaria), CIAPE (Italy), BEST (Austria), IED (Greece), Aspire-i Ltd. (UK) and CIT (Ireland).

 

 

Área: 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 3.11. Apoio seletivo: origem em meios socioeconómicos desfavorecidos

Língua: EN

País: Bulgária; Grécia; Irlanda; Itália; Reino Unido; Áustria