3. Apoio aos alunos

3.1. Bem estar dos alunos

As abordagens escolares integradas centram as atenções no clima global da escola. Um ambiente de aprendizagem seguro e atencioso contribui para estabelecer relações positivas para e entre os professores, o pessoal não docente e os alunos. Por exemplo, são importantes, para todos os alunos, os contextos físicos que sejam seguros, acolhedores e estimulantes, bem como o desporto e as atividades físicas regulares. As escolas podem apostar na gestão de conflitos em espaços comuns da escola para promover uma cultura de diálogo e diversidade. Estas condições pedagógicas e contextuais ajudam a criar um clima positivo e um sentimento de pertença para todos os alunos.

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

EQUIPAS MULTIDISCIPLINARES PARA A PREVENÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR PRECOCE

O documento visa examinar elementos sobre o potencial das equipas multidisciplinares e interdisciplinares para desempenharem um papel fundamental na prevenção do abandono escolar precoce. No âmbito do desenvolvimento de uma estratégica para tais equipas multidisciplinares/interdisciplinares, é atribuída particular importância às condições necessárias e de apoio à sua eficácia, não se partindo do pressuposto determinista da sua inevitável eficácia. O relatório realça a necessidade de proporcionar orientações estratégicas sólidas às equipas sobre questões importantes a abordar pelas equipas, tais como o apoio à saúde mental, alternativas à suspensão, assistência às famílias marginalizadas, resolução de conflitos com professores e competências de formação para a diversidade, competências de prevenção do acosso juvenil, promoção de um ambiente escolar positivo, envolvimento com competências parentais e especial atenção ao desenvolvimento linguístico das crianças, etc.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 5.1. Equipas multidisciplinares

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

Programa de desenvolvimento das competências emocionais das crianças – VEIK

O objetivo primordial do programa VEIK consiste em reforçar as principais competências dos alunos através da criação de uma rede de colaboração entre estudantes, pais, professores e ONG.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 4.1. Comunicação e informação; 4.3. Espaços para os pais e participação nas atividades educativas; 4.4. Aprendizagem familiar

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Lituânia

School innovation in Europe: Developing children's social competences at the Salduves Progymnasium

This intervention is an educational approach aiming at holistic pupils’ development, aimed at nurturing both cognitive and non-cognitive competences, and bring education closer to the real life context, creating space for children with different capabilities to discover themselves and experience success. The intervention has been developed in Salduves pro-gymnasium (primary and lower-secondary school) in Šiauliai, Lithuania and has been gradually implemented and embedded into school culture starting from 2008, when the new school leader came to school.

The intervention includes (among others):

  • Individual Achievement Tracking (AIT) system, aimed at helping every pupil identify learning difficulties at an early stage and improve their academic, but also social, development, through constant mentoring and multi-level monitoring;
  • Social competence development system, focusing on engagement of students into social activities and continuous self-reflection and assessment of the results of these activities for pupils’ and for the community around them;
  • Educational projects with social partners, the goal of which is to nurture pupils’ non-cognitive competences through learning in alternative environments (e.g., galleries, university labs, etc.).

Áreas: 1. Governação escolar; 2. Professores; 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.2. Participação dos alunos na vida escolar; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.4. Programas curriculares e percursos educativos; 3.5. Aprendizagem e avaliação; 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular

Língua: EN

País: Lituânia