2. Professores

2.3. Formação inicial de professores e desenvolvimento profissional contínuo de professores

Tanto a formação inicial de professores (FIP) como o desenvolvimento profissional contínuo (DPC) são fundamentais para assegurar que os professores adquirem as competências, aptidões e conhecimentos que lhes permitam responder a uma ampla variedade de situações na sala de aula. O elevado nível de desempenho profissional está positivamente associado à satisfação dos professores. Este é especialmente o caso dos professores que trabalham em contextos mais exigentes, tais como escolas com elevados níveis de desvantagem socioeconómica e educativa e com grupos de alunos muito heterogéneos.

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

Ensino em equipa na Irlanda

Durante muitos anos, na Irlanda, tal como noutros países, o ensino em equipa foi uma abordagem relativamente pouco utilizada e bastante desvalorizada de apoio à aprendizagem. O Inquérito Internacional sobre Ensino e Aprendizagem da OCDE (TALIS, 2009), realizado em 24 países, indica que é na sala de aula que os professores do ensino secundário regular menos colaboram entre si sob a forma de ensino em equipa. A edição mais recente do TALIS (2013) destaca a importância desta forma de ensino para apoiar a aprendizagem dos professores e dos alunos, ao mesmo tempo que reconhece a sua adoção relativamente lenta em muitos contextos.

Área: 2. Professores

Subáreas: 2.1. Aptidões e competências dos professores; 2.3. Formação inicial de professores e desenvolvimento profissional contínuo de professores

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Irlanda