2. Professores

2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais

Uma relação de apoio a longo prazo entre o professore e o aluno é essencial para melhorar o envolvimento e o desempenho deste. As relações positivas com os alunos também aumentam a satisfação profissional dos professores. Relações de confiança, de respeito e de cooperação entre professores e alunos, os pais destes e a comunidade em geral também influenciam a obtenção de resultados de aprendizagem positivos.

 

Mostrar mais

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

ENhancing Teacher REsilience in Europe (ENTREE)

O projeto ENhancing Teacher REsilience in Europe (ENTREE) (Reforçar a Resiliência dos Professores na Europa) visa permitir que os jovens professores europeus melhorem a sua resiliência face às crescentes exigências resultantes da rápida evolução dos contextos escolares. Lançado em 2014, oferece aos professores diversas oportunidades de aprendizagem e ferramentas, tanto em linha como presencialmente, contando com o apoio de uma equipa de peritos internacionais de cinco países europeus (CZ, DE, IRL, MT, PT) e da Austrália. O projeto ENTREE define a resiliência dos professores como «o processo, a capacidade e o resultado de uma adaptação positiva e de um empenhamento e crescimento profissionais contínuos face a circunstâncias difíceis». Os professores são apoiados na utilização de recursos pessoais, profissionais e sociais, para resistirem e progredirem do ponto de vista profissional e pessoal, sentirem satisfação no seu trabalho, alimentarem convicções positivas sobre as suas capacidades, gozarem de bem-estar pessoal e manterem um empenhamento constante na sua profissão.

Área: 2. Professores

Subáreas: 2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais; 2.4. O bem-estar dos professores

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Dinamarca; Irlanda; Malta; Portugal; República Checa

Unidade curricular «Responder à diversidade dos alunos nas salas de aula do ensino primário»

Esta unidade curricular é obrigatória para os estudantes dos segundo e terceiro anos do curso de professores primários da Universidade de Malta. Em outubro de 2016, foi integrada no novo Mestrado em Ensino e Aprendizagem. O seu intuito é preparar os futuros professores para ensinarem alunos oriundos de diferentes meios, facultando-lhes conhecimentos teóricos e experiência prática em matéria de diversidade. As atividades da unidade curricular têm duas vertentes principais: 1. Formação teórica: no primeiro semestre, os futuros professores tomam contacto com os temas da diversidade e da inclusão, bem como com as abordagens de tratamento destes temas na sala de aula, nomeadamente através da utilização de planos de acompanhamento pedagógico individuais (reflexão de cada aluno sobre as suas origens, debates e trabalhos de grupo); 2. Formação prática: no segundo semestre, durante o estágio de seis semanas realizado pelos futuros professores, estes têm de identificar um aluno que apresente alguma dificuldade de aprendizagem e aplicar um plano de acompanhamento pedagógico individual com vista à sua inclusão no processo educativo.

Áreas: 2. Professores; 3. Apoio aos alunos

Subáreas: 2.1. Aptidões e competências dos professores; 2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais; 2.3. Formação inicial de professores e desenvolvimento profissional contínuo de professores; 3.8. Apoio seletivo: língua; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Malta