SISTEMA DE INFORMAÇÃO EM LINHA PARA ORIENTAÇÃO PROFISSIONAL

Na República Checa foi desenvolvido um sistema de informação inovador direcionado para a orientação profissional, que inclui a prestação de apoio a alunos com poucas ambições educativas e dificuldades de aprendizagem ou em risco de abandono escolar. Também pode ser utilizado por adultos (nomeadamente pessoas que tenham abandonado o sistema de ensino sem qualquer qualificação) em busca de oportunidades para continuarem os estudos e melhorarem a sua vida profissional.

O sistema de informação www.infoabsolvent.cz foi desenvolvido pelo projeto VIP II, que disponibiliza informação e orientação profissional, e inclui quatro grandes secções temáticas com informações sobre o sistema de ensino e o mercado de trabalho, a fim de auxiliar os jovens a tomarem algumas decisões fundamentais. O portal oferece uma plataforma de apoio complexa, que pode ser utilizada na resolução de várias questões que se coloquem ao longo do percurso no sistema de ensino e formação, bem como na tomada de decisões relativas à carreira profissional. Globalmente, constitui um recurso com utilidade não só para alunos e pais, mas também para os conselheiros e professores que dele se servem como instrumento de orientação. O sistema está concebido como um mecanismo de autoajuda fácil de utilizar por pessoas com pouca experiência de pesquisa na Internet e os textos são redigidos num estilo simples, a fim de facilitar a compreensão de informações especializadas. O principal elemento, no que respeita ao abandono escolar precoce, é a secção de conselhos e recomendações intitulada «Como», que indica o procedimento a seguir em várias situações problemáticas que possam surgir durante o estudo e não só, além de apoiar os alunos com poucas ambições educativas, dificuldades de aprendizagem ou em risco de abandono escolar. Do mesmo modo, pode ser utilizado por adultos (nomeadamente pessoas que tenham abandonado o sistema de ensino sem qualquer qualificação) em busca de oportunidades para continuarem os estudos e melhorarem a sua vida profissional.

A fim de ajudar os alunos com dificuldades de aprendizagem, o sistema de informação disponibiliza a secção «Transição sem barreiras da escola para o mercado de trabalho». Embora o problema do abandono escolar precoce diga respeito a toda a população estudantil, os estudos têm demonstrado a existência de uma importante correlação entre desfavorecimento social e risco de abandono escolar. Essa relação está refletida nas atividades do projeto, nomeadamente na recolha de exemplos de boas práticas de prevenção do abandono escolar a longo prazo. Os textos respetivos estão disponíveis na íntegra em www.infoabsolvent.cz, na secção «Transição sem barreiras da escola para o mercado de trabalho». Com base nestes exemplos de boas práticas, foi criada uma lista de medidas de prevenção e intervenção a nível individual no domínio do abandono escolar precoce, visando, nomeadamente, melhorar a cooperação entre os estabelecimentos do ensino básico e secundário; facilitar a transição para os estabelecimentos do ensino secundário e a adaptação ao novo ambiente escolar; e melhorar a comunicação com os pais, bem como motivar os alunos para permanecerem no sistema de ensino. Estas medidas podem ser divididas nas seguintes categorias:

  • Medidas de prevenção antes do início das aulas, para sensibilizar os alunos do segundo ciclo do ensino básico (apoiando-os na escolha de uma escola e de uma área de estudo, promovendo a comunicação com os alunos mais velhos e com os pais antes de transitarem para um estabelecimento do ensino secundário, etc.).
  • Medidas de apoio à transferência dos alunos de uma escola para outra e de prevenção no momento da entrada num estabelecimento do ensino secundário (incluindo medidas de apoio aos alunos que mudem de escola ou de área de estudo, mas também de comunicação entre os estabelecimentos do ensino básico e do ensino secundário, com vista à transmissão de informações sobre as necessidades educativas de cada aluno, a fim de apoiar a transição para o ensino secundário e a adaptação ao novo ambiente).
  • Medidas de intervenção destinadas a motivar os alunos para estudarem (incluindo medidas que fomentem o contacto com o ambiente extracurricular, a ênfase nos resultados práticos e na articulação entre o ensino e a prática, a utilização de bolsas de estudo e, sobretudo, a integração dos alunos socialmente desfavorecidos nos eventos escolares).
  • Medidas de intervenção a nível individual durante os estudos (dirigidas a determinado aluno e aos seus pais, por exemplo, um comité pedagógico, um sistema em linha de controlo da assiduidade, metodologia e planos de identificação de alunos vulneráveis, etc.).
  • Apoio ao pessoal docente no trabalho com alunos em risco de abandono escolar precoce.

O grau de utilização destas medidas nos estabelecimentos do ensino secundário foi objeto de um inquérito de acompanhamento, cujos resultados serviram de base à escolha das medidas que as escolas consideraram de maior interesse. Em seguida, doze estabelecimentos do ensino secundário elaboraram e avaliaram metodologias relativas a estas medidas. O relatório de avaliação deste inquérito, atualmente em elaboração, incluirá uma lista de todas as medidas de prevenção e intervenção, bem como os resultados do inquérito de acompanhamento, além da metodologia utilizada e os resultados da sua avaliação nos estabelecimentos do ensino secundário.

Tipo
Prática
País
República Checa
Língua
BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV
Nível escolar
Primary; Secondary
Nível da intervenção
Universal
Intensidade da intervenção
Periódica
Fonte de financiamento
Financiamento europeu

Este recurso faz parte das seguintes áreas/subáreas :