Ano de transição - uma experiência educativa alargada

O ano de transição disponibilizado em várias escolas irlandesas permite que os alunos (com cerca de 15 anos de idade) tenham uma experiência educativa alargada, com vista à aquisição de uma maior maturidade. Estabelecendo a ponte entre a conclusão do ensino básico e a continuação dos estudos ou da formação profissional, ajuda os alunos a transitarem do ambiente altamente estruturado do ensino básico para uma nova realidade em que terão de assumir maiores responsabilidades pela sua própria aprendizagem e pelas decisões que tomarem.

Durante o ano de transição, os alunos participam em estratégias de aprendizagem ativas e experienciais que os ajudam a desenvolver uma série de competências transferíveis em matéria de pensamento crítico e de resolução criativa de conflitos.

O ano de transição também deve constituir uma oportunidade para os alunos tomarem consciência e refletirem sobre a importância que a educação e a formação assumem na sua preparação para as exigências em constante mudança do mundo de trabalho e de relacionamentos dos adultos. A sua missão é promover o desenvolvimento pessoal, social, educativo e profissional dos alunos, preparando-os para serem membros autónomos, participativos e responsáveis da sociedade.

Os objetivos e a filosofia do ano de transição devem difundir-se por toda a escola. As escolas com programas de ano de transição têm a responsabilidade de estabelecer objetivos adequados e definir as metas necessárias para a sua realização.

As escolas devem fomentar a participação dos pais, dos empregadores e da comunidade em geral, enquanto parceiros no processo educativo, em todos os aspetos do programa e assegurar uma execução eficiente e eficaz do mesmo.

Tipo
Prática
País
Irlanda
Língua
BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV
Nível escolar
Secondary
Nível da intervenção
Universal
Intensidade da intervenção
Periódica
Fonte de financiamento
Financiamento local