O Ensino Secundário Superior é para mim – medida LYCAM na França

A medida LYCAM (Lycee, ça m' interesse) na França é utilizada como uma ferramenta pelos funcionários e pelos psicólogos conselheiros de orientação profissional para prevenir o abandono escolar precoce. A medida LYCAM baseia-se num questionário com finalidade preventiva que permite a identificação precoce dos alunos mais suscetíveis de abandonar a escola e ações adequadas em função da natureza do apoio necessário.

A medida LYCAM foi desenvolvida no Canadá na década de 1990 e surgiu na França no início da década de 2000. Foi adotada por várias autoridades educativas («academies») e é utilizada como uma ferramenta pelos funcionários e pelos psicólogos conselheiros de orientação profissional para prevenir o abandono escolar precoce em muitos estabelecimentos.

A medida LYCAM baseia-se num questionário com finalidade preventiva. Permite a identificação precoce dos alunos do ensino secundário mais suscetíveis de abandonar a escola e ações adequadas em função da natureza do apoio necessário. O questionário foi criado com base em sete dimensões:

  • a atitude da família em relação à escola (o papel da família na educação dos filhos);
  • projetos escolares académicos (projetos relacionados com os estudos, o interesse na escola, o nível de ambição);
  • aproveitamento académico (autoavaliação pelo aluno da sua capacidade de trabalho e resultados académicos);
  • autoconfiança (relativamente ao sucesso académico);
  • absentismo (atitudes e comportamentos relacionados com a assiduidade escolar, aceitação ou não aceitação das regras do ensino secundário);
  • necessidade de apoio dos professores (qualidade das relações entre o aluno e o pessoal docente);
  • interesse na escola (o interesse do aluno na sua educação e vida escolar).

O questionário demora cerca de 20-30 minutos a preencher. O objetivo desta recolha de dados é ter como ponto de partida as dificuldades, as motivações e o ponto de vista pessoal dos alunos do ensino secundário. O diagnóstico pode ser individual ou coletivo. O psicólogo conselheiro de orientação profissional, enquanto perito, participa plenamente na análise dos resultados.

Esta ferramenta tem a vantagem de centrar as suas perguntas em fatores diretamente relacionados com o contexto escolar. Por conseguinte, as respostas são de interesse imediato para o pessoal.

Ao questionar os alunos e levando-os a pensar na intensidade dos seus sentimentos, esta ferramenta também incentiva os alunos a refletirem sobre as suas próprias soluções. É uma ferramenta que pretende determinar a posição do aluno no contexto da vida escolar, não se destinando a avaliar os níveis de competência e conhecimento, mas a complementar os já existentes.

As ações corretivas, como grupos de debate ou oficinas de apoio, são realizadas com base nestes resultados.

Tipo
Prática
País
França
Língua
BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV
Nível escolar
Secondary
Nível da intervenção
Segmentado
Intensidade da intervenção
Contínua
Fonte de financiamento
Governo nacional