5. Participação das partes interessadas

A natureza complexa do abandono escolar precoce (AEP) exige uma resposta multidimensional. Algumas das suas causas estão associadas a fatores exógenos ao sistema de educação, tais como problemas pessoais, de saúde, emocionais e familiares ou circunstâncias socioeconómicas delicadas. O pessoal escolar não tem capacidade (nem pode ter) para dar resposta a todos estes problemas e, como tal, é fundamental que o trabalho se faça em conjunto com outras partes interessadas, com conhecimentos especializados adequados.

Mostrar mais

Pesquisar por sub-área: ( Pesquisar todas as áreas )

Recursos ( Pesquisar todos os recursos )

Note que por enquanto o conteúdo nas páginas de recursos só está disponível em inglês.

CENTROS COMUNITÁRIOS DE APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

A NESET – Rede de peritos em aspetos sociais da educação e da formação publica relatórios para profissionais e decisores políticos interessados na promoção da equidade e da inclusão na educação e na formação em toda a União Europeia. O documento visa examinar estratégias para a criação de centros comunitários de aprendizagem ao longo da vida nos Estados-Membros da UE. Explora provas e trabalhos de investigação sobre os benefícios e as vantagens da criação de tais centros, bem como as barreiras e dificuldades que impedem a sua criação e eficácia. O relatório conclui que os centros comunitários de aprendizagem ao longo da vida podem proporcionar simultaneamente a promoção de uma variedade de objetivos fundamentais de aprendizagem ao longo da vida, tais como a cidadania ativa, a inclusão/coesão social, a realização pessoal e social, o diálogo intercultural, bem como percursos profissionais.

Áreas: 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 4.1. Comunicação e informação; 4.3. Espaços para os pais e participação nas atividades educativas; 4.4. Aprendizagem familiar; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

EQUIPAS MULTIDISCIPLINARES PARA A PREVENÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR PRECOCE

O documento visa examinar elementos sobre o potencial das equipas multidisciplinares e interdisciplinares para desempenharem um papel fundamental na prevenção do abandono escolar precoce. No âmbito do desenvolvimento de uma estratégica para tais equipas multidisciplinares/interdisciplinares, é atribuída particular importância às condições necessárias e de apoio à sua eficácia, não se partindo do pressuposto determinista da sua inevitável eficácia. O relatório realça a necessidade de proporcionar orientações estratégicas sólidas às equipas sobre questões importantes a abordar pelas equipas, tais como o apoio à saúde mental, alternativas à suspensão, assistência às famílias marginalizadas, resolução de conflitos com professores e competências de formação para a diversidade, competências de prevenção do acosso juvenil, promoção de um ambiente escolar positivo, envolvimento com competências parentais e especial atenção ao desenvolvimento linguístico das crianças, etc.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.1. Bem estar dos alunos; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem; 5.1. Equipas multidisciplinares

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

EQUIPAS MÓVEIS

As Equipas Móveis foram criadas a fim de ajudar as escolas a dar resposta a uma série de fatores suscetíveis de conduzir ao abandono escolar precoce. Os serviços das «Equipas Móveis» são solicitados pelo órgão de direção da escola e podem ser relativos ao seguinte: absentismo e abandono escolar; problemas comportamentais; conflitos entre adultos; formação do pessoal docente; assistência aos alunos, aos membros do pessoal e às direções das escolas. No caso de situações mais complexas, a «Equipa Móvel» pode decidir encaminhar a questão para serviços mais adequados.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.7. Acompanhamento de alunos em situação de risco; 4.1. Comunicação e informação; 5.1. Equipas multidisciplinares

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

ESCOLHER BEM - AJUDAR AS CRIANÇAS A DECIDIR O SEU FUTURO

Uma boa escolha das disciplinas escolares aumenta as hipóteses de os alunos virem a ter sucesso no futuro. Este projeto envolve pais e alunos num processo de decisão ponderada sobre as opções disciplinares, fornecendo-lhes informações sobre o sistema de ensino flamengo.

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.2. Participação dos alunos na vida escolar; 3.3. Orientação profissional e apoio; 3.4. Programas curriculares e percursos educativos; 3.9. Apoio seletivo: migrantes, ciganos; 4.1. Comunicação e informação; 4.3. Espaços para os pais e participação nas atividades educativas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

INCLUD-ED EDUCAÇÃO EM FAMÍLIA

A Educação em Família é uma das Ações Educativas de Sucesso identificadas no projeto de investigação INCLUD-ED. Estratégias de inclusão e coesão social na Europa através da educação (Comissão Europeia, Sexto Programa-Quadro, 2006-2011).

Áreas: 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 3.6. Aprendizagem alargada e extracurricular; 4.4. Aprendizagem familiar; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

PARTICIPAÇÃO DOS PAIS PARA A PREVENÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR PRECOCE

Este relatório visa informar e orientar o planeamento estratégico a curto e médio prazo dos 10 municípios participantes no programa Urbact - PREVENT, bem como o de todos os outros municípios, órgãos de poder local e escolas em toda a Europa no que respeita à participação dos pais na educação para a prevenção do abandono escolar precoce. A avaliação baseia-se numa análise de documentos do Conselho da UE e da Comissão sobre o abandono escolar precoce e a inclusão social, num diálogo e processo de consulta permanente com os 10 municípios que participam no projeto Urbact - PREVENT e questiona a investigação internacional pertinente para este domínio. O projeto PREVENT é financiado pelo programa Urbact da UE.

Áreas: 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 4.1. Comunicação e informação; 4.2. Participação dos pais na governação da escola; 4.3. Espaços para os pais e participação nas atividades educativas; 4.4. Aprendizagem familiar; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Albânia; Alemanha; Bulgária; Bélgica; Chipre; Croácia; Dinamarca; Eslováquia; Eslovénia; Espanha; Estónia; Finlândia; França; Grécia; Hungria; Irlanda; Islândia; Itália; Letónia; Lituânia; Luxemburgo; Macedónia do Norte; Malta; Noruega; Países Baixos; Polónia; Portugal; Reino Unido; República Checa; Roménia; Suécia; Sérvia; Turquia; Áustria

QUADRO DE COOPERAÇÃO DOS INTERVENIENTES A NÍVEL LOCAL

Num sistema em que as escolas têm um elevado grau de autonomia, como o existente na Flandres, o Ministério da Educação flamengo tem vindo a trabalhar na criação de um quadro com orientações claras para as escolas e as autarquias locais (que são responsáveis pelas escolas do ensino básico e secundário) sobre o estabelecimento de redes de cooperação a nível local. Para que tal cooperação seja bem sucedida é necessário reunir as seguintes condições essenciais: funções e responsabilidades claras, objetivos realistas, participação de todas as partes interessadas e desenvolvimento de ações locais.

Área: 5. Participação das partes interessadas

Sub-área: 5.2. Redes de partes interessadas

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

Rede de prevenção do abandono escolar e serviço de assistência central na cidade de Antuérpia

A rede de prevenção do abandono escolar proporciona todo um conjunto de serviços e competências especializadas. Cada projeto é único, centrado em grupos-alvo específicos, e atrai o seu próprio nível de financiamento. É conferida particular importância à prevenção do abandono escolar precoce e à reintegração dos alunos que tenham abandonado a escola. O Serviço de Assistência Central presta apoio aos alunos e às escolas. Frequentemente, os alunos que faltam são referenciados ao Centro de Orientação para Alunos associado à rede de escolas na qual a escola está inserida. Se necessário, o Centro de Orientação para Alunos solicita o auxílio do Serviço de Assistência Central, que pode propor atividades e medidas de apoio personalizadas aos alunos em risco ou aos que tenham abandonado a escola através da rede de diferentes organizações.

Área: 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 5.1. Equipas multidisciplinares; 5.2. Redes de partes interessadas; 5.4. Parcerias: organizações comunitárias e sociedade civil

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica

Rede europeia contra o acosso juvenil em ambientes de aprendizagem e de lazer (ENABLE)

Este projeto apoia o desenvolvimento de competências de aprendizagem socioemocional dos jovens dos 11 aos 14 anos e promove o apoio interpares para combater e reduzir o acosso juvenil (bullying). Os programas de aprendizagem socioemocional melhoram as competências sociais, emocionais e académicas dos alunos, nomeadamente a sua sociabilidades e as atitudes perante si próprios e os outros, reduzindo os níveis de sofrimento emocional. Os sistemas de apoio interpares reduzem o impacto negativo do acosso juvenil nas suas vítimas e ajudam-nas a denunciar tais situações. O projeto aplica uma abordagem escolar integrada, que inclui os jovens, o pessoal docente e não-docente, os pais e a comunidade em geral. Afasta-se, assim, da perspetiva bidimensional do acosso juvenil, circunscrita à vítima e ao agressor, e analisa a dinâmica social e de grupo presente numa escola ou num ambiente de lazer, a fim de combater os vários fatores que contribuem para o problema. Em cada um dos países participantes, a rede ENABLE deu formação a uma equipa de embaixadores, que estão disponíveis para fornecer informações e orientações às escolas e organizações que desejem aplicar o programa.

Áreas: 1. Governação escolar; 3. Apoio aos alunos; 4. Participação dos pais; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 3.1. Bem estar dos alunos; 4.2. Participação dos pais na governação da escola

Língua: BG; CZ; DA; DE; EL; EN; ES; ET; FI; FR; HR; HU; IT; LT; LV; MT; NL; PL; PT; RO; SK; SL; SV

País: Bélgica; Croácia; Dinamarca; Grécia; Reino Unido; Roménia

The CARMA Toolkit: A step-by-step guide for implementing collaborative learning to increase student motivation and participation

The CARMA Toolkit fosters collaborative learning approaches in schools, based on non-formal learning (NFL) techniques, for learners who have been identified as being at risk of early school leaving and/or low achievement. The Toolkit provides practical resources for classroom practices and to transform school cultures to improve student motivation and participation. Involvement of the wider community in supporting collaborative learning is also encouraged. A Competence Assessment Model supports teachers to assess learners’ collaborative skills. A teacher’s diary to track implementation and learner progress accompanies the Toolkit.. The Toolkit is available in full and short versions in 8 languages English, Spanish, Italian, French, German, Portuguese, Dutch and Turkish.

Áreas: 1. Governação escolar; 2. Professores; 3. Apoio aos alunos; 5. Participação das partes interessadas

Subáreas: 1.1. Cultura e clima escolar; 1.3. Direção escolar; 1.4. Cooperação dentro dos sistemas educativos; 2.1. Aptidões e competências dos professores; 2.2. Os professores e o seu relacionamento com alunos e pais; 3.4. Programas curriculares e percursos educativos; 3.5. Aprendizagem e avaliação; 3.10. Apoio seletivo: necessidades educativas especiais e dificuldades de aprendizagem

Língua: EN

País: Bélgica; Espanha; França; Itália; Portugal; Turquia; Áustria